21/10/2021 às 07:20, Atualizado em 21/10/2021 às 11:45

Campanha contra uso de drogas, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes alcança mais de mil estudantes em Batayporã

Iniciativa também contou com ações de conscientização para o público em geral

Cb image default
Trabalho nas escolas foi adaptado entre as faixas etárias e contou com profissionais da PM e Assistência Social. Foto: Prefeitura de Batayporã

A campanha municipal contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, e prevenção, orientação e erradicação do uso de drogas e substâncias entorpecentes promovida pela comissão responsável (Comcex) em parceria com a Secretaria de Assistência Social, Conselho Tutelar e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), levou estratégias preventivas a mais de mil alunos das escolas de Batayporã, além das ações para públicos variados.

Estudantes de 9 a 14 anos participaram de palestras com orientações ministradas pela cabo da Polícia Militar, Marcia Breguedo, e pela assistente Social Denise Pesqueira. Com adaptações para cada faixa etária, as profissionais compartilharam informações sobre como evitar abusos a partir da proteção do próprio corpo, identificar comportamentos abusivos, procurar ajuda e denunciar. As profissionais também levaram orientações sobre prevenção e consequências do uso de drogas e entorpecentes.

Cb image default
Foto: Prefeitura de Batayporã

As atividades se estenderam aos estudantes integrantes do Programa Jovem Aprendiz, alunos do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), Projeto Avanço do Jovem na Aprendizagem (AJA), estudantes da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), com oficinas educativas, e crianças e adolescentes dos programas ligados ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que contaram ainda com teatro de fantoches sobre a temática.

Amplo público

Todas as atividades da campanha são alusivas ao Dia municipal de Combate à Exploração e ao Abuso Sexual, celebrado em 5 de outubro, e à Quinzena de Prevenção, Orientação e Erradicação do Uso de Drogas e Substâncias Entorpecentes e do Abuso e Exploração da Criança e do Adolescente, ambos instituídos pela Lei nº 924/2011, de 30 de agosto de 2011.

Cb image default
Comcex panfletou e promoveu orientações entre caminhoneiros. . Foto: Prefeitura de Batayporã

Para ampliar o debate, a Comcex e parceiros propuseram a divulgação de peças informativas na imprensa e nas redes sociais. A equipe panfletou e promoveu orientações junto aos caminhoneiros e motoristas presentes no Auto Posto Tigrão, ponto estratégico devido à grande circulação de pessoas.

O encerramento dos trabalhos foi marcado por entrevista concedida na última semana à emissora de rádio local com o delegado de Polícia Civil, Filipe Davanso, e o promotor de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE) em Batayporã, Guilherme Carlos Kotovicz.

Além de chamar a atenção para o tema, o intuito é reforçar junto à população os canais de denúncia e apoio às vítimas, a exemplo do Conselho Tutelar (67 3443-2182/ 98127-5122), Polícia Militar (190/ 99661-1694/ 3443-1268), Polícia Civil (3443 1268) e o Disque 100. Todos os serviços garantem o anonimato das denúncias.

Cb image default
Entrevista com promotor e delegado marcou encerramento das ações. . Foto: Prefeitura de Batayporã.

Para a secretária de Assistência Social, Maynara Wruck, a iniciativa reforça a pauta de conscientização do mês de outubro. “Parabenizo a todos que se envolveram na promoção da campanha. Essas ações permitem impulsionar o alcance das informações, pois prevenir o abuso sexual e o uso de drogas é o nosso foco. Neste mesmo mês, a temática é reforçada pelo Estado, com a campanha de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. Então, podemos dizer que Batayporã faz o dever de casa e antecipa o debate”, analisou a gestora.