14/05/2021 às 12:39, Atualizado em 14/05/2021 às 12:45

Com duas novas mortes por Covid-19 em Batayporã, Prefeitura anuncia retomada de medidas restritivas

Cb image default
Desde o último dia 16 de fevereiro o município não registrava mortes em decorrência de Covid-19. Agora, são 13 vítimas do novo Coronavírus na cidade. Imagem: Freepik.

Batayporã registrou mais duas mortes ocasionadas por Covid-19. Um dos casos corresponde ao falecimento de uma mulher de 51 anos ocorrido nesta sexta-feira (14). A vítima havia recebido diagnóstico positivo para a doença e seguia em monitoramento pelo Centro de Triagem local. A paciente possuía comorbidades e faleceu em casa. Já a segunda ocorrência diz respeito a um homem de 55 anos que foi internado no Hospital Regional de Nova Andradina em 2 de maio e transferido para o Hospital Evangélico de Dourados em 5 de maio, onde veio a óbito na última quinta-feira (13).

Diante do atual cenário, no qual ainda se acrescentam 36 casos ativos de Covid-19 conforme consta no último boletim epidemiológico (13/05), a Prefeitura anunciou que irá editar novo decreto voltando a vedar a realização de eventos, mesmo com Batayporã incluída no grau de risco médio – bandeira laranja – no mapa do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir). A Administração também reforçou o apelo preventivo à população. Desde o último dia 16 de fevereiro o município não registrava mortes em decorrência de Covid-19. Agora, são 13 vítimas do novo Coronavírus na cidade.

Em live transmitida pela página do Executivo no Facebook, o prefeito Germino Roz pediu sensibilização quanto às aglomerações domésticas. “Nós abrimos as redes sociais e vemos as pessoas realizando festas em casa, em chácaras, realizando festas clandestinas. Isso é um absurdo. As pessoas estão se contaminando mais e as novas cepas dos vírus são mais violentas. Sabemos que existem os casos de contaminação mesmo entre quem toma cuidado, mas tem muita gente sem pensar no próximo”, destacou.

Os eventos formalizados, como batizados, casamentos e reuniões, não serão mais permitidos por enquanto. “Mesmo esses eventos que apresentam um plano de organização para a Vigilância Sanitária não serão mais realizados. É muito difícil. Há quem cobre a realização, há quem cobre a proibição, mas a nossa preocupação tem que focar no momento. E o momento é de entender que a situação é muito séria”, acrescentou o gestor. A previsão é de que um novo decreto municipal seja editado até a próxima segunda-feira (17).

Ações preventivas

Batayporã está em 6º lugar dentre os 79 municípios de Mato Grosso do Sul no ranking de vacinação contra a Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde tem acelerado a estratégia a partir do monitoramento da população desempenhado pelos agentes comunitários de saúde, a pronta aplicação dos imunizantes quando recebidos e a agilidade no envio das informações pelo sistema E-Vacine.

A Vigilância Sanitária mantém o trabalho de fiscalização. Segundo o coordenador do departamento, George Joaquim foram efetuadas 36 visitas a comércios para orientação sobre os decretos em vigência e 12 visitas por descumprimento. Houve ainda o acompanhamento de dois planos de contingência de eventos comunicados. É possível denunciar aglomerações e outras irregularidades por meio do telefone (67) 99670 6971.