19/10/2021 às 09:50, Atualizado em 19/10/2021 às 09:51

Prefeitura e Ministério Público debatem rotinas da Educação pelo programa MPEduc

Administração pontuou processos de melhorias na Rede Municipal de Ensino incluindo projetos para a Escola Anízio Teixeira

Cb image default
Germino detalhou ao MPF as medidas práticas adotadas para sanar demandas antigas da Rede Municipal de Ensino. Foto: Prefeitura de Batayporã.

A Prefeitura de Batayporã, representantes da Rede Municipal de Ensino e dos Ministérios Públicos Federal e Estadual, discutiram rotinas da Educação no contexto de volta às aulas após o período restritivo ocasionado pela pandemia de Covid-19, e de melhorias implementadas pela Administração nas unidades locais, a exemplo da Escola Anízio Teixeira.

O debate foi feito em reunião online na última segunda-feira (19) com o prefeito Germino Roz (PSDB), secretária municipal de Educação, Fernanda Scarlat, Conselho do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), Conselho de Alimentação Escolar, Associação de Pais e Mestres, diretora escolar Maria Sônia Rodrigues, Conselhos Regional e Municipal de Educação, promotor Guilherme Carlos Kotovicz (MPE em Batayporã) e do procurador Eduardo Rodrigues Gonçalves (MPF).

O Ministério Público Federal conduziu a reunião e pautou a regularidade de rotinas básicas, como o transporte escolar, merenda, biossegurança, atendimento aos estudantes que recebem apoio pedagógico, e as melhorias estruturais da escola Anízio Teixeira, que é integrante do programa MPEduc (Ministério Público pela Educação) desde 2014.

Conforme pontuou o prefeito, a gestão tem garantido a qualidade dos serviços e se empenha em sanar demandas antigas. “No momento, estamos licitando a ampliação do refeitório da escola Anízio, reforma dos banheiros, o forro do pátio e o acréscimo do muro”, detalhou Germino. Há ainda, a articulação junto ao Estado para a reforma de dois pavilhões.

“Também temos feito uma grande força-tarefa para adequação da frota, que estava em condição totalmente precária. Já estamos concluindo a manutenção dos ônibus e pleiteamos outros veículos adquiridos por meio de programas e emendas parlamentares. Pudemos apresentar um trabalho concreto ao Ministério Público diante de todos os itens analisados”, finalizou.